Pescadores do município de Saubara, no Recôncavo baiano, denunciaram um possível crime ambiental nas águas do local, por conta da pesca com bomba. Vários peixes mortos foram encontrados na faixa de areia no último sábado, dia 30, em razão da prática ilegal.

De acordo com os pescadores locais, já teria sido solicitado que uma sede da Polícia Militar fosse instalada na localidade para inibir a prática. Apesar de conseguirem um local para a base policial, a PM teria indicado que não possui efetivo para o patrulhamento da região.

Dependendo da pesca, os trabalhadores que sobrevivem das águas de Saubara apontaram ainda, que, praticamente todos os dias, pescadores irregulares estão na região. Segundo um dos pescadores, a prática de pesca com bomba é presenciada diariamente.

Editado pelo Tribuna do Recôncavo | Informações: Bahia Noticias