Três toneladas de alimentos foram comercializadas na última sexta-feira, dia 13, por agricultores e agricultoras familiares de São Sebastião do Passé (BA), para o Programa Nacional de Aquisição de Alimentos (PAA). Entre os produtos estavam aipim, bolos diversos, broa de milho, coco seco, banana-prata, batata-doce, maracujá e milho.

No município de São Sebastião do Passé os alimentos foram distribuídos para 240 famílias cadastradas no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do município, em ação conjunta com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura e Ação Social.

Dentro do processo de cadastramento dos agricultores e agricultoras familiares, para acessar programas institucionais como o PAA e PNAE, é necessária a emissão ou a renovação da Declaração de Aptidão ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (DAP).

O PAA é um programa executado na Bahia pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), por meio da Superintendência de Inclusão e Segurança Alimentar (SISA), em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), via equipes técnicas da Superintendência Baiana de Assistência Técnica e Extensão Rural (Bahiater) e da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), com recursos oriundos do Governo Federal, Governo da Bahia e Emendas Parlamentares.

Podem acessar o PAA, os agricultores e agricultoras familiares e povos de comunidades tradicionais, que estiverem com a DAP válida. Os alimentos são destinados a entidades da rede socioassistencial e as que atendam famílias em situação de insegurança alimentar e nutricional.

Editado pelo Tribuna do Recôncavo | Informações: SDR/CAR