Os passageiros não vão precisar pagar para utilizar os ônibus urbanos no domingo (30) do segundo turno de eleições, assim como ocorreu no primeiro turno. O objetivo é garantir a mobilidade dos eleitores no dia do pleito, assegurando o direito ao voto.

O decreto que garantiu a gratuidade no primeiro turno também já previa o mesmo para o segundo turno. A gratuidade será válida somente no domingo, das 6h às 20h, para ônibus da capital. As passagens de ônibus intermunicipais e interestaduais, seguem com valores normais.

Metro1