O novo golpe tem sido aplicado em Santo Antônio de Jesus, no Recôncavo baiano. Desta vez, as vítimas são donos de bares e restaurantes.

Um homem, que se identificou como Dr. Antônio Carlos, entrou em contato com o proprietário de um restaurante de Santo Antônio de Jesus se apresentando como chefe de fiscalização da Vigilância Sanitária do Estado da Bahia.

Ao empresário, o homem disse que haveria uma mega operação no município para fiscalizar bares e restaurantes, dando a entender que se o empresário pagasse a propina no valor de R$600 reais, a suposta equipe da Vigilância nem entraria no seu estabelecimento. O comerciante não caiu no golpe.

Editado pelo Tribuna do Recôncavo | Fonte: Blog do Valente