Dois policiais militares foram presos durante a operação “Só Rasteira”, realizada nesta terça-feira, dia 03, em Salvador e Região Metropolitana. Um terceiro suspeito também foi preso. Os mandados foram cumpridos nos bairros de São Caetano e no Bonfim, além do município de Camaçari.

Durante a prisão realizada no bairro de São Caetano foram apreendidos uma pistola calibre 380, com munições e três carregadores, uma espingarda de ar comprimido, uniformes militares, um brasão falso do Poder Judiciário, uma toca tipo balaclava, maquinetas, aparelho celulares, além de documentos com indicativo de fraude. Presente nas ações, o diretor do Draco, delegado José Bezerra Júnior, explicou a atuação do grupo de sequestradores.

“Eles são responsáveis por crimes de extorsões, que tinha como alvos, suspeitos de crimes e comerciantes. O grupo também é investigado por homicídios”, detalhou. Sete mandados de busca e apreensão ainda estão sendo cumpridos. Os materiais apreendidos vão complementar as investigações. “A importância da operação também é a coleta de provas acerca dos crimes atribuídos ao grupo”, informou o delegado Odair Carneiro, a frente das ações da Operação “Só Rasteira”.

Metro1