A Paróquia São Roque, em Mutuípe (BA), no Vale do Jiquiriçá, que integra a Diocese de Amargosa, encerrou nesta terça-feira, dia 16, os festejos do seu padroeiro com uma intensa e fervorosa programação marcada por três Celebrações Eucarísticas, realizadas na Igreja Matriz. Também houve a procissão com a imagem do padroeiro pelas ruas da cidade, com um record de participação popular, seguido de um profundo momento de oração e a bênção do Santíssimo Sacramento.

A tradicional Celebração Eucarística teve início às 9h30 com um grande número de fiéis de Mutuípe, das Paróquias São Roque e Santo Antonio de Pádua, visitantes e autoridades. A celebração das 9h30 foi presidida pelo Padre José Nilton Barbosa Lapa, que proferiu a homilia, fazendo uma relação do Evangelho das Bem-Aventuranças com o contexto social e religioso contemporâneo. Essa missa foi concelebrada pelos Padres José Roberto (pároco), Adivan Pereira, Jurandir Pereira, Natael Costa, Almiro Rezende e Fábio Andrade. Houve também um momento especial de ação de graças pelos 80 anos da Diocese de Amargosa, cuja celebração aconteceu nesta segunda (15/08).

A preparação para este grande momento foi antecedida pela realização do Novenário, que teve início com a Festa da Transfiguração do Senhor, no dia 6, e encerrou-se dia 15, contando com uma expressiva participação de fiéis devotos de São Roque integrantes das comunidades urbanas, rurais e de visitantes das paróquias circunvizinhas, envolvendo todos os grupos, pastorais e movimentos integrantes da paróquia São Roque.

Mutuípe: Paróquia São Roque conclui festejos do seu padroeiro com intensa e fervorosa programação - noticias, mutuipe, destaque, catolico

Foto: Maria do Carmo/ Tribuna do Recôncavo

Como tradicionalmente acontece, o novenário preparatório foi agraciado pela presença de padres da Diocese e de padres visitantes que proporcionaram uma profunda reflexão da Palavra de Deus, pautada no tema central da festa, em consonância com a Diocese de Amargosa para este ano:” Igreja Comunidade, Casa do Pão”, num contínuo convite para o exercício da fé a partir do seu lugar de vivência, sustentada pelo Cristo Eucaristia, o Pão da Vida.

Após dois anos de realização dos festejos do padroeiro São Roque de forma restrita devido ao contexto da pandemia, neste ano em que a Paróquia completa 52 anos de instalação, o Pároco Padre José Roberto Amaral expressou a sua gratidão pela realização deste grandioso momento de renovação espiritual.

” Irmãos e irmãs, é sempre motivo de muito júbilo prepararmos e realizarmos a novena e a Festa de São Roque. Essa não é simplesmente, mais uma festa, mas “A Festa”, como se fosse um momento único em nossas vidas.” Na oportunidade, também agradeceu a todos os integrantes da Rede de Comunidades pela colaboração para a realização deste grandioso momento.

Matéria: Maria do Carmo/ Tribuna do Recôncavo