Neste ano em que a Igreja vivencia um especial e significativo momento por ocasião do reconhecimento oficial da santidade de Irmã Dulce, “A bem-aventurada Dulce dos Pobres”, 1ª mulher a tornar-se Santa no Brasil, conhecida mundialmente pela assistência dispensada aos necessitados e pelas obras de caridade realizada em prol destes, nós baianos estamos com os corações exultantes de alegria pela Canonização desta serva de Deus, conhecida como “O anjo bom da Bahia” que ocorrerá em 13 de outubro próximo no Vaticano.

O Grupo Nossa Tenda de Mutuipe, Projeto Social criado em 2015 que atende crianças na Comunidade da Cajazeira, inspirado nos ideais de Ir. Dulce, decidiu prestar-lhe uma especial homenagem através da música, concretizando este sonho no dia 30 de julho deste ano com o Lançamento de um álbum musical com 13 faixas, em um clima de muita alegria, no Hospital Santo Antonio das Obras Sociais Ir. Dulce, provocando emoção em todos, sobretudo nos pacientes. A culminância deste histórico momento aconteceu com a Celebração Eucarística realizada na Capela do Convento Santo Antonio, presidida pelo mutuipense Pe. Fábio Andrade (Saletino), atual vigário da Paróquia Sagrado Coração de Jesus em Valença-ba.

Luiz Assunção, membro atuante no Ministério de Música na Paróquia São Roque e do Grupo Nossa Tenda, e autor das letras das músicas componentes deste álbum, esclarece que a produção deste CD foi realizada entre os membros integrantes do grupo NOSSA TENDA com a colaboração de outros músicos mutuipenses e de produtores musicais com o intuito de proporcionar uma reflexão sobre a vida e a história de Ir.

O CD foi gravado no Lp Studio Ensaios e Gravações. As músicas podem ser acessada gratuitamente no link: https://www.youtube.com/results…

Matéria: Maria do Carmo/ Tribuna do Recôncavo