A presença do pré-candidato Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no 2 de Julho está confirmada em Salvador desde o dia 17 de junho. No entanto, o PT baiano tem estudado a possibilidade do petista não participar do cortejo, no caminho da Lapinha até o Pelourinho. Às 10h30 já está agendado um evento na Arena Fonte Nova com Jerônimo Rodrigues, Rui Costa, Wagner e Lula.

“Lula vem a Salvador, vai prestigiar o 2 de Julho, mas a organização ainda está na dúvida se vamos levar Lula no cortejo. Sem falsa modéstia, Lula mobiliza muita gente. A gente sabe que tem uma mobilização, e não queremos atrapalhar o 2 de Julho. Não queremos inviabilizar o 2 de Julho, o desfile do caboclo, da cabocla, e a participação de Lula pode acabar atrapalhando o cortejo”, disse Éden Valadares.

O presidente do PT na Bahia negou que a possível a ausência de Lula no cortejo seja por causa da segurança, que foi reforçada no final de semana após incidentes. “Ele é sempre bem acolhido na Bahia. Então, não é a segurança em si. Mas o ato na Fonte Nova está confirmado, e esperamos ter entre 15 e 20 mil pessoas”, disse ele.

Metro1