O cantor Wesley Safadão teve seu jatinho avaliado em R$ 37 milhões devolvido um dia após ser apreendido pela Justiça do Paraná. A empresa WS Shows recebeu a aeronave como garantia de pagamento por um investimento feito com o “Sheik dos Bitcoins”, investigado pela Polícia Federal.

O uso da aeronave foi bloqueado em meio a uma ação movida por clientes lesados pelo empresário Francesley da Silva, conhecido como “Sheik dos Bitcoins”. Os custos elevados da paralisação do jato e deterioração precoce foi o que motivou sua devolução.

De acordo com a decisão, não há razão para que a aeronave fique em desuso no depósito. A Justiça ainda cita que o transporte é “indispensável para o cantor realizar as suas atividades profissionais”. Wesley Safadão está em Orlando com a família e ainda não comentou sobre os acontecimentos envolvendo a aeronave.

Bahia Noticias