A JBS registrou um lucro líquido de R$ 2,045 bilhões no primeiro trimestre desse ano, revertendo prejuízo de R$ 5,933 bilhões que havia sido registrado no mesmo período de 2020.

A receita líquida bateu recorde e chegou a R$ 75,251 bilhões. Já o Ebitda (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) subiu 75,8%, para R$ 6,876 bilhões.

No entanto, também houve um crescimento da dívida líquida, que subiu de 0,4%, e chegou a R$ 51,173 bilhões, em virtude da desvalorização do Real frente ao Dólar.

Bahia.Ba