Uma mulher de 24 anos, identificada como Luana Correia Gonçalves, foi morta com golpes de facão, em uma fazenda de plantação de café, às margens da estrada que liga a sede da cidade de Itamaraju, no extremo sul da Bahia, ao povoado de Campo Alegre, na mesma cidade. O ex-marido da vítima é o principal suspeito do crime. O feminicídio ocorreu na quarta-feira, dia 27.

De acordo com a Polícia Civil do local, Luana trabalhava na colheita do café, na Fazenda Paraíso, quando o homem chegou ao local e a atacou com golpes de facão. A mulher morreu no local, e o homem fugiu, utilizando uma motocicleta. Ainda segundo as investigações, Luana e o ex-marido haviam terminado o relacionamento há três semanas, mas o homem não aceitava o término.

Ela e o suspeito têm dois filhos. Testemunhas do crime confirmaram que o ex-marido de Luana foi o autor do feminícidio. Ele é procurado pela polícia, que fez buscas após o crime, mas não conseguiu localizar o homem. Na manhã desta quinta-feira, dia 28, testemunhas foram ouvidas na delegacia da cidade. O corpo de Luana foi encaminhado para o IML de Itamaraju, e ela será enterrada nesta quinta-feira.

G1/ Bahia