Um grupo que se diz integralista é investigado pela Polícia Civil do Rio de Janeiro como responsável pelo ataque contra a sede da produtora do canal Porta dos Fundos. Nesta quarta-feira, dia 25, os membros desta organização divulgaram um vídeo do atentado no YouTube.

Nas imagens, integrantes do Comando de Insurgência Popular Nacionalista da Grande Família Integralista Brasileira aparecem mascarados e leem um manifesto enquanto são exibidas imagens da ação criminosa. Três homens são mostrados jogando coquetéis Molotov na sede. Na apuração sobre o caso, a polícia examina as imagens divulgadas e outros vídeos de câmeras de segurança em que foram registradas o ataque e que mostram o momento em que pelo menos três pessoas, sendo duas em uma caminhonete e uma em uma motocicleta, participam do atentado.

Ninguém foi ferido e a placa do veículo de carga foi identificada. Este teria sido o mesmo grupo responsável por outro ataque, no fim do ano passado, na Universidade Federal do Estado do Rio, no Rio de Janeiro (RJ). No ato, foram queimadas bandeiras e faixas antifascistas.

Agência Brasil