O próximo ministro da Justiça no governo Lula, Flávio Dino (PSB-MA), afirmou que pretende apresentar um projeto de decreto para restringir o acesso a armas.

O atual senador Dino disse ser preciso uma nova legislação sobre o acesso às armas de fogo e citou mudanças no funcionamento de clubes de tiro, como por exemplo, encurtando prazos de registros de arma.

Dino foi o quarto ministro a ser anunciado pelo presidente eleito Lula, na sexta-feira (9), durante entrevista coletiva na sede do gabinete de transição, no Centro Cultural Banco do Brasil, em Brasília.

Editado pelo Tribuna do Recôncavo | Informações: Bahia Noticias