A expansão da oferta da Educação em Tempo Integral na rede estadual de ensino na Bahia está sendo discutida pela Secretaria da Educação do Estado (SEC), em seminário realizado, nestas terça e quarta-feira (20 e 21), no Hotel Fiesta, em Salvador.

A rede deverá ter mais de 25% das escolas com esta modalidade já em 2023, ultrapassando a meta prevista para 2026, do Plano Estadual de Educação. A rede já conta com 266 escolas em tempo integral e mais 300 com políticas indutores para ampliação e qualificação do tempo pedagógico, como o Programa Educa Mais Bahia.

O seminário tem como público as 105 unidades escolares indicadas para implementar a oferta de tempo integral no próximo ano letivo, os Centros Juvenis de Ciência e Cultura (CJCCs) e os 27 Núcleos Territoriais de Educação (NTE). Um dos destaques da atividade é a apresentação da política de Educação Integral em Tempo Integral na Bahia executada desde 2014. O seminário está sendo transmitido pela TV Conexões, que pode ser acessada no YouTube, através do endereço https://bit.ly/3WbnS4c.

Editado pelo Tribuna do Recôncavo | Informações: SEC