O deputado estadual pela Bahia, Dr. Alan Sanches (União), e o seu filho Leonardo Sanches foram assaltados na tarde desta sexta-feira, dia 20, na Barra, em Salvador. Em seu instagram o deputado contou como tudo aconteceu.

“Estávamos na Avenida Oceania em frente a hamburgueria REDBURGUER [quando] fomos assaltados. Foi um bando de seis marginais. O 1º veio por trás de mim e eu senti uma pressão na correntinha que uso e logo em seguida a mão no bolso do short onde estava o celular. Primeiro imaginei que era alguém conhecido, mas percebi que era um assalto. O 2º veio pela minha frente. Esse eu consegui agarrar e segurei pela camisa preta UV que ele usava. Ele tentou fugir e lasquei a camisa dele toda na fuga. O terceiro e quarto vieram em cima de mim por trás, quando Léo acertou com soco em um e no outro. O 5º e o 6º vieram para nos assustar, querendo trocar socos pela nossa reação. Saíram correndo e fomos atrás. Tropecei e caí. O que veio por último me deu um chute na cabeça. Ralei o braço na queda. Não levaram nem o celular nem o relógio. Claro que isso tudo acontece muito rápido e não tão didático como descrevi”, escreveu Alan.

Dr. Alan ainda falou que ele e seu filho Léo estão ótimos de saúde, “apenas chateados com tudo que aconteceu e sem a correntinha. Mas saímos gritando é ladrão e por incrível que pareça nenhum policial estava na área. Não sou nenhum especialista em segurança, mas num momento que a Barra está cheia de pessoas de férias, cheia de turistas, acho que para darmos uma inibida nesse tipo de ação, poderíamos ter um planejamento melhor para esse momento”.

Matéria: Tribuna do Recôncavo