O presidente Jair Bolsonaro (PL) esteve na manhã desta sexta-feira, dia 01º, na cidade de Feira de Santana, onde comandou uma motociata ao lado do pré-candidato a governador da Bahia pelo PL, o deputado federal João Roma (PL). O presidente chamou atenção para a queda dos preços dos combustíveis, liderada pela redução dos tributos federais. Para ele, mesmo com lei sancionada, ainda há resistência de 12 governadores estaduais que apelam à justiça para não reduzir o ICMS.

O ex-ministro da Cidadania e o presidente da República também estiveram na cidade de Cruz das Almas no Recôncavo da Bahia. Na cidade, eles foram recepcionados pelo prefeito Ednaldo Ribeiro (Republicanos), que fez o convite a Bolsonaro para visitar o município. Roma lembrou que agora o Auxílio Brasil, que atende a 2,3 milhões de pessoas na Bahia, tem agora valor mínimo de R$ 600. A Bahia é o estado brasileiro com o maior número de beneficiados do programa.

O presidente Bolsonaro manifestou surpresa ao ver a multidão que o aguardada em Cruz das Almas. “Jamais poderia esperar tanta gente aqui nos recepcionando. Agradeço a Deus por minha vida e pela missão de estar à frente da Presidência da República”. Bolsonaro disse ao povo de Cruz que o Brasil está superando as altas de alimentos e de combustíveis, mas condenou a atitude do governador Rui Costa (PT) que se recusa a diminuir a alíquota do ICMS sobre os combustíveis no estado.

Editado pelo Tribuna do Recôncavo | Informações: Bahia.Ba