Os economistas Armínio Fraga, Edmar Bacha, Pedro Malan e Persio Arida declararam nesta quinta-feira, dia 06, em conjunto, apoiar Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no segundo turno das eleições presidenciais. “Votaremos em Lula no 2º turno; nossa expectativa é de condução responsável da economia.” afirmam Armínio Fraga, Edmar Bacha, Pedro Malan e Persio Arida, em comunicado.

Em entrevista concedida a Mirian Leitão, na Globonews, o ex-presidente do Banco Central, Armínio Fraga explicou o voto em Lula. Ele disse que os riscos à democracia aumentaram depois de domingo e estão sob ameaça também o meio ambiente e a ciência. Questionados se esse movimento foi feito pelo risco que a democracia corre, Arminio respondeu que “com certeza”.

“Há várias dimensões, nós estamos aí observando movimentos nessa direção, vamos dizer autocrática mundo afora. São situações em que a deterioração da qualidade da democracia ocorre gradualmente. O povo continua votando, mas aí as coisas vão perdendo a sua qualidade, a sua força. É um risco altamente relevante porque na esteira disso, em geral, ocorrem fracassos retumbantes na economia também. Às vezes, a gente se esquece que a economia funciona na base da confiança. E confiança é uma coisa ampla.   Outro dia eu perguntei para alguém: ‘você já imaginou se um parente seu for preso e processado e não tiver direito a uma defesa decente, equilibrada, neutra?’. As pessoas param para pensar. Pois é, mas isso acaba afetando a economia também.”, disse.

Metro1