Foi nos pênaltis a decisão da Copa do Mundoi do Catar neste domingo (18). A  Argentina chegou a abrir vantagem de dois gols no primeiro tempo mas cedeu o empate com dois gols de Mbappé em menos de dois minutos. Na prorrogação, mais um gol para cada lado. Com o empate em 3×3, a decisão foi para a prorrogação e seguiu para os penaltis. Nas cobranças diretas.

Aos 20 minutos do primeiro tempo da final da Copa do Mundo, Di María foi derrubado por Dembélé na área francesa e o árbitro marcou pênalti. Dois minutos depois, Messi converteu a cobrança e abriu o placar para a seleção argentina.

Pouco depois, os sul-americanos ampliaram em um lindo contra-ataque, com Di María, que se emocionou bastante após mandar para a rede. O canhoto da Juventus, por sinal, foi um dos destaques do primeiro tempo. Escalado pela esquerda do ataque, Di María deu trabalho para a zaga francesa: além do gol, sofreu o pênalti marcado pelo camisa 10.

Deixando a disputa pela vitória da Copa do Mundo de 2022 ainda mais acirrada, Kylian Mbappé marcou dois gols contra a Argentina em menos de dois minutos.  No segundo tempo, o frânces fez o primeiro gol, de pênalti, aos 79 minutos. Dois minutos depois, aos 81 minutos, o atleta marcou o segundo gol, empatando com a Argentina.

Já no segundo tempo da prorrogação, mais uma vez em que a Argentina saiu na frente com outro gol de Messi, que ainda teve que esperar uma análise de impedimento para comemorar. No final da prorrogação um toque de mão gerou mais uma penalidade máxima em favor da França e o terceiro gol de Mbappé na partida, Com os três gols, o atleta superou Messi garantindo a artilharia do Mundial.

Os dois artilheiros de suas seleções ainda abriram a cobrança de pênaltis marcando para seus times. A França, no entanto, perdeu a segunda cobrança feita por Coman. Em seguida, os argentinos comemoram mais um gol na cobrança de Dybala. A França perdeu novamente quando Tchouaméni chutou para fora. Na sequência, Paredes converteu mais um pênalti para os hermanos e Kolo Muani conseguiu marcar para a França. A última cobrança foi de Montiel que converteu dando o título aos argentinos.

A vitória argentina deu a Lionel Messi, em sua última Copa do Mundo, alguns outros títulos além do de campeão Mundial. Messi se tornou o primeiro jogador com gols em todas as fases da Copa do Mundo desde Jairzinho, em 1970. O craque de 35 anos atingiu a marca ao converter a cobrança de pênalti para inaugurar o placar da Argentina contra a França, na final do Mundial do Catar.

O título de 2022 é o terceiro da Argentina que entrou em campo para sua sexta decisão de Copa do Mundo. A equipe sul-americana já decidiu o Mundial em 1930, 1990 e 2014, ficando com o vice-campeonato. Venceu em 1978, quando sediou a competição, e em 1986, no México.

Bahia Noticias