A cidade de Anguillara Veneta, no norte da Itália, aprovou nesta segunda-feira, dia 25, a concessão de cidadania honorária para o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro. A ideia de conceder o título a Bolsonaro partiu da prefeita italiana Alessandra Buoso.

A cidade, a 80 km de Veneza, é terra natal de um bisavô do presidente. O deputado ítalo-brasileiro Luis Roberto Lorenzato, do partido de ultradireita Liga, comemorou a decisão nas redes sociais.

Por meio de um comunicado divulgado pelo deputado, a prefeita diz que a ideia da cidadania honorária surgiu após ter sido “pavimentada a possibilidade de uma visita diplomática brasileira”.

Editado pelo Tribuna do Recôncavo | Informações: Metro1