Uma idosa morreu no Hospital Regional de Castro Alves, na manhã desta última quarta-feira, dia 20. A castroalvense de 69 anos deu entrada na unidade hospitalar com tosse e fraqueza, foi atendida, mas faleceu após ter uma parada cardiorrespiratória.

Após o teste rápido para coronavírus dar positivo, foi coletado o material para a realização do exame PCR no Laboratório Central em Salvador. “Somente após o resultado do exame emitido pelo Lacen, e da conclusão da investigação de todo o contexto pelas equipes de vigilância e saúde, será comprovado em definitivo se este trata-se ou não do primeiro óbito em decorrência do Coronavírus em Castro Alves”, disse a gestão municipal. Com a suspeita, a família foi orientada a manter o caixão lacrado e fazer o sepultamento sem velório.

Até esta última quarta-feira, dia 20, Castro Alves tinha 17 casos confirmados de Covid-19, 10 curados e 33 descartados. A Secretaria Municipal de Saúde informa que os dois casos adicionados ao boletim de quarta são de um paciente que estava em tratamento fora do Município e um familiar. Ambos não apresentam sintomas graves da doença e estão cumprindo isolamento domiciliar.

Já o caso do caminhoneiro que buscou socorro em uma unidade de saúde do município e foi adicionado no boletim, de acordo com os novos parâmetros de registro da doença, ele será monitorado na cidade que reside, já que estava só de passagem em Castro Alves, motivo pelo qual seus dados foram excluídos do boletim.

Fonte: Tribuna do Recôncavo