O acusado de matar um homem com golpes de facão em Canavieiras, no Litoral Sul baiano, foi preso na quinta-feira, dia 25. O crime ocorreu em abril deste ano na localidade de Rancho Alegre. Desde então, o acusado não tinha sido localizado. A vítima, identificada como João Batista Nunes de Souza, foi morta com golpes de facão e foice e teve o corpo degolado e jogado em uma cisterna.

Policiais civis foram até a casa do acusado e encontraram com ele dois revólveres, um calibre 32 e o outro calibre 38, e 11 munições. “Segundo informações, ele trafica drogas em Teixeira, e estaria se escondendo em Caravelas, onde aconteceu o crime”, disse o delegado Marco Antônio de Oliveira Neves.

Em depoimento, ele informou que a motivação do crime ocorreu após uma discussão em um bar. “Ele já tinha cerca de um mês na localidade e já havia ameaçado outras pessoas. O preso, também é acusado de um ato infracional análogo a tentativa de homicídio, praticado quando era adolescente”, relatou o delegado. O homem teve o mandado de prisão cumprido por homicídio qualificado, mediante motivo torpe. Ele também foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo. Após a prisão, o homem segue custodiado, à disposição da Justiça.

Bahia Noticias