O Terminal de Grandes Sólidos, Pier 1 e 2, do Porto de Aratu, em Candeias, foi interditado pela Superintendência Regional do Trabalho na Bahia. A ação ocorreu após uma fiscalização do Setor de Segurança e Saúde no Trabalho, que contou com a participação de auditores fiscais do trabalho, na terça-feira, dia 19.

Os profissionais responsáveis pela inspeção atuam regularmente no setor portuário e aquaviário. A ação fiscal teve como objetivo a verificação das condições de operação do equipamento.

A fiscalização constatou diversas irregularidades, tais como a existência de equipamentos com laudos de inspeção vencidos, correias transportadoras de materiais com roletes desprotegidos, pisos dos piers esburacados e com pontas de vergalhões, moegas com escadas de acesso e guarda-corpo rompidos, gaiolas de salvatagem desviadas de função, dentre outras. Uma nova fiscalização será realizada assim que forem adotadas as medidas necessárias para sanar as irregularidades e retomar a operação do Porto.

Bahia Noticias