O presidente da República, Jair Bolsonaro, participou neste sábado, dia 26, do primeiro evento público depois do resultado das eleições presidenciais. O evento foi a cerimônia de formatura de aspirantes a oficial do Exército da Academia Militar das Agulhas Negras (Aman) realizado em Resende (RJ).

A Turma Bicentenário da Independência tem 395 Cadetes, sendo 362 homens e 33 mulheres. Deste total, 10 são oriundos de Nações Amigas, entre elas, República de Camarões, Guiana, Honduras, Panamá, Peru e Vietnã, sendo que esta é a primeira vez que uma Cadete do sexo feminino de Nações Amigas se formou na Aman. Seu nome é Ghazmin Lucero Surichaqui, do Peru.

Além do presidente Bolsonaro, estavam presentes o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, o ministro da Defesa, general Paulo Sérgio de Oliveira e o comandante do Exército, general Marco Antônio Freire Gomes. Jair Bolsonaro, no entanto, não saiu do palanque para cumprimentar os formandos, nem fez selfies e fotografias com eles e nem falou aos cadetes, como de costume nas cerimônias anteriores na Aman.

Metro1