Cerca de uma semana após virem à tona denúncias de assédio sexual que levaram ao afastamento de Pedro Guimarães da presidência da Caixa Econômica, o presidente Jair Bolsonaro (PL) rompeu o silêncio e comentou o caso.

Questionado por apoiadores sobre as suspeitas de abuso, o mandatário foi econômico nas palavras: “Já foi afastado o presidente da Caixa”, declarou. “Ou melhor, ele pediu afastamento”, emendou o presidente.

Pedro Guimarães pediu demissão no dia 29 de junho.

Editado pelo Tribuna do Recôncavo | Informações: Bahia.ba