Os estudantes de instituições privadas de ensino superior com convênio com o BNB podem se inscrever, entre 16 de janeiro e 31 de maio, no site www.bnb.gov.br para solicitar crédito para o Programa de Financiamento Estudantil (FNE P-FIES). Para alunos veteranos que irão solicitar aditamento, o prazo irá até 31 de março. O cadastro estará disponível no site do BNB na Internet.

Para 2023, o BNB está disponibilizando R$ 25 milhões para o financiamento de 100% do valor da mensalidade dos alunos matriculados em cursos de nível superior. O prazo de pagamento chega até três vezes o tempo de duração do curso e as prestações mensais equivalem a 35% do valor da mensalidade mais juros.

Aumento de 40% na procura

O Banco do Nordeste registrou um aumento de 40% no volume de recursos para o FNE P-FIES liberados em 2022, na comparação com o ano anterior. Foram R$ 31 milhões contratados em toda área de atuação do banco, no último ano letivo.

Para o superintendente da Supervisão da Rede de Agências, Helton Chagas Mendes, a alta nas operações do P-Fies é reflexo das condições oferecidas pelo BNB aos estudantes. “Além de termos um processo que facilita a jornada do cliente, sendo solicitado pela internet, as condições são diferenciadas, com as menores taxas do mercado e com prazos que podem chegar a até três vezes o tempo de duração do curso. Com isso, o ingresso no mercado de trabalho poderá acontecer de forma mais tranquila.”, afirma.

P-Fies

O programa P-Fies utiliza recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE). Para ter acesso ao crédito, os alunos devem estar matriculados em cursos de graduação não gratuitos, oferecidos por instituições de ensino conveniadas com o Banco e com boas avaliações pelo Ministério da Educação (MEC). Além disso, o estudante precisa ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a partir de 2010, e obtido média das notas das provas igual ou superior a 450 pontos e ter nota maior que zero na redação.

Para que o aluno tenha acesso ao financiamento do FNE P-FIES, a instituição de ensino superior onde ele estuda precisa realizar um cadastro no Banco do Nordeste.

ASCOM