A Agência Nacional do Petróleo (ANP) aprovou medidas emergenciais na terça-feira (1º) para tentar evitar o desabastecimento de combustíveis em postos de gasolina em todo o país, com as interdições e bloqueios de rodovias por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL).

A ANP suspendeu temporariamente as obrigações de estoque semanais mínimos pelas distribuidoras.

Além disso, determinou que a venda direta de gasolina e diesel de revendedores e transportadoras aos postos, sem passar pelas distribuidoras, está permitida. No caso do GLP, as revendas poderão comercializar o gás de cozinha em vasilhames de outras marcas além da que estão autorizadas.

Bahia Noticias