Dez candidatos a deputado federal de diversos partidos se uniram para formar a chamada bancada da cannabis. De acordo com um manifesto publicado pelo grupo, a bancada tem o objetivo de ampliar o debate acerca da legalização do cannabis no Congresso nacional nos próximos anos. O manifesto afirma ainda que há um atraso do debate sobre o uso da substância no Brasil por causa da “hipocrisia” e “dogmas ou desinformação” em torno do assunto.

“Nós, candidatos abaixo-assinados neste manifesto, pretendemos acabar com a hipocrisia que envolve a questão da Cannabis no Brasil, colocando as eleições de 2022 como um marco deste processo. Não podemos mais permitir que dogmas ou a desinformação vençam o debate sobre o assunto.” diz um trecho do manifesto da bancada.

Proposta por Maisa Diniz (REDE), a bancada tem confirmados nomes de candidatos dos partidos REDE, MDB, PT, CIDADANIA, PV, PDT e PSOL, com conversas avançadas com integrantes do PSDB, PV e NOVO. Após as eleições, com o grupo já formado, a bancada irá se reunir para desenhar um cronograma de ações para a próxima legislatura.

Confira os candidatos que assinaram o manifesto:

Maisa Diniz (REDE-SP)

Eder Matos (MDB-SE)

Paulo Teixeira (PT-SP)

Mari Valentim (CIDADANIA-DF)

Bacelar (PV-BA)

Louise Verde (PV-DF)

Elayne Carvalho (PDT-CE)

Dário 420 (PSOL-MG)

Santo Skywalker (PSOL-SP)

André Barros (PSOL-RJ)

 

Metro1