Os moradores de Sapeaçu, no Recôncavo baiano, vão poder ver de perto e até tocar em rochas espaciais. Não, nenhum meteorito caiu na cidade recentemente. É que o município vai receber mais uma edição do programa Exposição Itinerante, do Museu Geológico da Bahia (MGB), de 23 a 25 de julho, das 8h às 21h, no Centro Territorial de Educação Profissional do Recôncavo Jonival Lucas.

A expo “Riquezas Minerais da Bahia e os Fósseis do Estado”, uma ação da Secretaria de Desenvolvimento Econômico em parceria com a Prefeitura Municipal de Sapeaçu. A entrada é franca.

“Essa exposição, que circula vários municípios do estado, tem o objetivo de transmitir e popularizar o conhecimento das Geociências e aproximar do Museu a população do interior. Quando divulgamos nosso patrimônio mineral, a comunidade tem a oportunidade de conhecer sobre as riquezas da Bahia e suas aplicações”, disse João Leão, vice-governador e secretário de Desenvolvimento Econômico.

Na exposição, será apresentado o acervo do Museu Geológico, que reúne rochas espaciais, como meteoritos e outros representantes da megafauna fóssil, e mais 400 peças, entre painéis, réplicas e amostras de minérios, como talco, magnesita, cromo, cobre, ferro, vanádio, bauxita (alumínio); pedras ornamentais, gipsita, caulim e argilas; pedras preciosas (esmeralda, ametista, citrino) e outras variedades do quartzo.

Editado pelo Tribuna do Recôncavo | Informações: Ascom/SDE