A estudante de enfermagem Lorena Oliveira, de 20 anos, foi escolhida em Salvador, na noite de sexta-feira, dia 4, para representar a Base Comunitária de Segurança do Calabar na final do Concurso Garota BCS 2019. “Valeu muito a pena a minha dedicação. Agora vou representar a minha comunidade. Como mulher negra, eu fico mais feliz por essa oportunidade”, afirmou.

Nesta edição, 14 jovens concorreram ao posto de Garota da BCS do Calabar e Alto das Pombas. A iniciativa da Polícia Militar da Bahia, alinhada ao programa Pacto Pela Vida, tem a participação de garotas entre 16 e 22 anos. Segundo a comandante da BCS do Calabar, capitã Aline Muniz, o projeto foi abraçado pela comunidade e, por isso, o concurso vai além da seleção da Garota BCS.

“Pelo segundo ano consecutivo, nós incluímos nessa semifinal da Garota BCS as categorias infantil, infanto-juvenil, jovem e melhor idade. E este ano, atendendo a pedidos, estamos estreando a categoria LGBT. Nós fizemos essa ampliação justamente para que toda a comunidade se sinta representada”, explicou a capitã.

O Concurso Garota BCS acontece desde 2015, com a participação de 18 bases comunitárias de segurança da capital e interior do estado. A grande final do concurso deste ano deve ocorrer no dia 10 de dezembro, no Gran Hotel Stella Mares.

Editado pelo Tribuna do Recôncavo | Reportagem: Jairo Gonçalves

Salvador: Estudante Lorena Oliveira é escolhida finalista do Concurso Garota BCS - salvador

Foto: Fernando Vivas/ GOVBA