A Prefeitura Municipal de Santo Antônio de Jesus, no Recôncavo baiano, prorrogou na última sexta-feira, dia 10, o fechamento do comércio não essencial por mais 7 dias. Entre os estabelecimentos fechados estão as óticas.

Com isso, os proprietários de óticas em SAJ solicitaram por escrito, à gestão municipal, a inclusão do comércio varejista de artigos de óptica como atividade essencial. Na solicitação, os empresários alegam que, em grandes municípios como São Paulo, Belo Horizonte, Distrito Federal e Porto Alegre, o ramo de óticas já foi inserido na relação de serviços essenciais.

Os empresários também argumentaram que as clinicas de oftalmologia estão funcionando normalmente em SAJ, e que o atraso na utilização das lentes para correção pode causar danos à saúde. Caso o pedido seja atendido pelo município, os empresários garantiram seguir todas as recomendações dos órgãos de saúde para a prevenção da Covid-19.

Fonte: Tribuna do Recôncavo