A mudança feita pelo governador Rui Costa (PT) no comando da Polícia Militar baiana foi oficializada em publicação no Diário Oficial do Estado (DOE) desta terça-feira (12). O decreto traz a exoneração do coronel PM Anselmo Brandão, que estava há seis anos no posto, e a nomeação do também coronel Paulo José Reis de Azevedo Coutinho para sucedê-lo. Coutinho foi anunciado no cargo pelo próprio governador na segunda (11). Essa mudança se une a outras já feitas na alta cúpula da segurança na Bahia.

Desde que o ex-secretário de Segurança, Maurício Barbosa, foi alvo da Operação Faroeste, o governador Rui Costa também alterou o comando da Polícia Civil. A nova delegada geral da Polícia Civil é Heloísa Campos Brito, Hélio Jorge Paixão passou a ser o subsecretário e, no fim de semana, o petista nomeou um novo superintendente de Inteligência, o delegado Ivo Carvalho Tourinho.

O antigo titular do cargo era Rogério Magno de Almeida Medeiros, também citado na Faroeste — investigação que apura a prática de venda de sentenças relacionadas à disputa de terras no Oeste da Bahia. Mas, diferente de Barbosa, que teve seu afastamento das funções determinado por um ano, Medeiros não foi alvo da operação.

COMANDO REGIONAL

Com Paulo José Coutinho agora oficialmente comandante-geral, o posto antes ocupado por ele, o de comandante de Policiamento Regional da Capital, será assumido pelo subcomandante da área, o tenente-coronel PM Samuel Santos Moreno. A cerimônia de posse deles será na próxima quarta-feira (13).

Bahia Noticias