As escolas da rede estadual de ensino iniciaram na segunda-feira, dia 21, o processo de renovação de matrícula para o ano letivo de 2023, que prossegue até o dia 2 de dezembro, conforme Portaria nº 2072/2022, publicada do Diário Oficial do Estado. O procedimento pode ser realizado na própria unidade escolar em que o estudante vai concluir o ano letivo de 2022.

O estudante com 16 anos de idade ou mais pode fazer a sua própria renovação na unidade escolar. Já para o estudante menor de 16 anos, os pais ou responsáveis devem se dirigir à escola para sinalizar que desejam a renovação e assinar uma lista de solicitação. No momento da renovação é feita uma triagem de documentos e, caso não exista pendência de algum documento, o estudante assina o Termo de Renovação e a renovação é validada no sistema pelo atendente.

O aluno que desejar mudar de turno ficará condicionado à existência de vaga no turno pretendido.  E, caso não renove a matrícula até o dia 2 de dezembro, a solicitação de uma nova vaga só poderá ser feita em janeiro de 2023, de acordo com calendário a ser divulgado pela SEC.

Editado pelo Tribuna do Recôncavo | Informações: ASCOM