No trânsito, uma das manobras mais complexas é a ultrapassagem. Para ser realizada de forma correta e segura é necessário reunir uma série de habilidades e atenção dos condutores. Mal executada, a ultrapassagem pode resultar em acidentes graves e muitas das vezes fatais.

1 – Conheça seus limites e os do seu carro (Domino essa manobra? Meu carro tem a potência necessária que preciso? Sei o que fazer diante da aproximação de um veículo em sentido oposto?);

2 – Para ultrapassar o veículo à sua frente, você precisará conduzir mais rápido que ele. Então avalie a velocidade em que ele está e o limite de velocidade da via para decidir se, de fato, a ultrapassagem é necessária;

3 – Antes de começar a ultrapassagem, olhe no retrovisor e verifique se outro veículo não iniciou a manobra antes. Se sim, dê preferência para que ele conclua a manobra e aguarde o momento oportuno para realizar a sua;

4 – Só ultrapasse se estiver seguro. Se tiver dúvidas, evite fazer a manobra, pois nem sempre é possível retornar com segurança para a posição inicial;

5 – Não ultrapasse em faixa contínua, sinalização típica de locais com pontes e trechos de visibilidade restrita (tracejada);

6 – A ultrapassagem deve iniciar e encerrar dentro dos limites da faixa seccionada (tracejada);

7 – Sinalize com antecedência aos demais condutores sua intenção de realizar a manobra de ultrapassagem (use a seta da esquerda);

8 – Quando for retornar para a sua faixa, não esqueça de acionar a seta da direita;

9 – A seta de sinalização só deve ser desligada após a conclusão da manobra de ultrapassagem;

10 – Mantenha a distância de segurança em relação a outro veículo.

Editado pelo Tribuna do Recôncavo | Informações: PRF