A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou nesta quarta-feira, dia 03, que ainda não recebeu novo pedido de autorização emergencial ou de registro definitivo de vacinas contra a covid-19 para uso em crianças. Em comunicado, a Anvisa lembrou que a aprovação da vacinação em um determinado público só ocorre a partir de uma solicitação de um fabricante.

Nessa requisição, é preciso apresentar dados científicos sobre segurança e eficácia do imunizante. O tema ganhou atenção na semana passada quando a autoridade sanitária dos Estados Unidos, a FDA, aprovou o uso da vacina do consórcio Pfizer-BioNTech em pessoas com idades de 5 a 11 anos de idade.

Na semana passada a Pfizer anunciou que entraria com a solicitação junto à Anvisa para viabilizar a aplicação do imunizante nesse público. Contudo, segundo a agência, o requerimento ainda não foi encaminhado.

Agência Brasil