A Câmara de Salvador aprovou nesta terça-feira, dia 17, a proibição de fogos de artifícios com estampidos, com a exceção daqueles usados em eventos religiosas.

Autor do projeto, o vereador Marcos Mendes (PSOL) argumenta que a medida é benéfica a animais e crianças, principalmente autistas, que ficam agitadas com o barulho.

O Psolista também cita idosos com Alzheimer como alvos da iniciativa. Em discurso no plenário, Mendes disse esperar que o prefeito ACM Neto (DEM) sancione o texto. Segundo ele, as tradicionais queimas de fogos no Réveillon e outras ocasiões podem ser realizadas com artifícios silenciosos.

Bahia.Ba