O Rio de Janeiro liberou a entrada de público no Maracanã, para a final da Copa América entre o Brasil e a Argentina neste sábado, dia 10, às 21h, com limite de 10% de ocupação por setor do estádio, ou seja, no máximo de 6.500 pessoas.

“Se forem usar todos os setores, e o estádio cabe 65 mil pessoas, vão ser 6.500. Se resolverem usar o setor mais vip, que cabe 5 mil pessoas, vão ter só 500 pessoas, então, 10% por setor. A decisão é deles, e a partir daí vamos fiscalizar e todo mundo será devidamente testado”, disse o prefeito Eduardo Paes.

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) será responsável por realizar teste de Covid-19 no público. A entidade terá um prazo de 48 horas antes da partida para fazer os exames. Quem for diagnosticado com o coronavírus não vai entrar.

Metro1