A produção de hortaliças em Crisópolis, no território Litoral Norte e Agreste Baiano, está garantindo comida na mesa e renda para as 20 famílias agricultoras da Associação Novo Tabuleiro.

Segundo o agricultor Gilson de Paula, a chegada de itens como sementes, adubos, tela sombrite, mangueira para irrigação e pulverizador, foram importantes para o desenvolvimento da produção na comunidade e para a comercialização do excedente. “Esse projeto hoje nos garante comida de verdade e ajuda-nos com a aquisição de renda extra”.

Entre os pontos de comercialização que a Associação acessa estão a feira livre e a feira agroecológica do município. Os produtos são vendidos também por meio de encomendas em um grupo de vendas por aplicativo de mensagens, com entrega em domicílio em Crisópolis.

Os recursos de mais de R$ 50 mil são provenientes do edital emergencial 15 do Bahia Produtiva, projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), com cofinanciamento do Banco Mundial.

SDR/CAR