O presidente Jair Bolsonaro (Sem partido), confirmou nesta quinta-feira (1), o nome do desembargador Kassio Nunes Marques para a vaga do Tribunal Regional Federal da 1.ª Região (TRF-1), que cobrirá Celso de Mello. Além disso, o presidente reafirmou que a segunda vaga para a Corte será ocupada por um evangélico.

Bolsonaro comentou que a população irá gostar do trabalho do novo ministro, e que a indicação dele pode ser vetada pelo Congresso. O presidente ainda questionou o embate com alguns apoiadores que criticaram a indicação de Kassio para o STF.

Editado pelo Tribuna do Recôncavo | Informações: Bahia Noticias