web analytics

Temer libera quase R$ 16 milhões para memorial à Chapecoense

ACIDENTE-AVIÃO-CHAPECOENSE-VIGÍLIA

O presidente Michel Temer (PMDB) liberou R$ 15,5 milhões do orçamento do Ministério do Esporte para a construção de um memorial, na Arena Condá, em homenagem às vítimas da tragédia área que dizimou boa parte da delegação da Chapecoense, em novembro do ano passado.

O repasse foi confirmado pela assessoria do peemedebista, na manhã desta quinta-feira (4), numa audiência com o governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo. Uma parcela do montante será utilizada para modernização do estádio em que a Chape atua, na maioria das partidas. (Bahia.ba)

“O luto, as perdas, os desperdícios e as ausências que choramos” será tema de palestra grátis , dia 11

“O luto, as perdas, os desperdícios e as ausências que choramos” será tema de palestra da psicanalista Maria Eunice Santos que acontecerá em Salvador no Palacete das Artes, dia 11 de maio às 19h, com entrada gratuita.

Conforme explica a especialista, a nossa sociedade ocidental foi “devidamente diagnosticada como narcisista, maníaca, …. hedonista”. E nesta busca incessante pelo prazer, pela beleza, pelo reconhecimento público, pelo estar presente nas redes sociais há um lado do espelho.

“Esse lado é do medo da solidão, do esquecimento, de ser prescrito, de estar fora da validade, do desprezo. Isso não é novo. Freud já denunciava a fragilidade do homem moderno, a sua impotência diante das grandes injunções políticas, sociais e culturais”.

Durante a palestra, a coordenadora do Espaço Psicanalítico Interdisciplinar de Salvador, além de explicar porque a depressão não é uma virose e sim um efeito social, vai mostrar que a exigência do tempo moderno, com sua pressa e afã de realizações, faz com que o ser humano seja obrigado a reprimir, a ocultar de si, tudo que não resulta numa boa performance social. (mais…)

Número de inscrições no Enem deve ser menor neste ano

O ministro da Educação, Mendonça Filho, estima que o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano terá 1 milhão de inscritos a menos do que a edição anterior. A redução deverá ocorrer principalmente porque a prova não servirá mais como meio para se obter uma certificação de conclusão do ensino médio.

A expectativa do ministério, segundo Mendonça, é que 7 milhões de estudantes se inscrevam no exame para tentar ingressar em faculdades públicas ou particulares.

As inscrições para o Enem foram abertas às 8h desta segunda-feira (8). Até as 11h, 29.783 pessoas tinham concluído as inscrições no exame, de acordo com balanço do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. (Bahia.ba)

Comissão da reforma: Agentes penitenciários invadem plenário

Agentes penitenciários invadiram, na noite desta quarta-feira (3), o plenário onde deputados da comissão especial votavam o relatório da reforma da Previdência – a sessão teve de ser suspensa.

A Polícia usou spray de pimenta para conter os manifestantes, que reivindicavam a inclusão dos agentes penitenciários numa categoria de aposentadoria especial.

Mais cedo, o relator da reforma da Previdência na Câmara, o deputado Arthur Maia (PPS-BA), recuou e desistiu contemplar em seu parecer os agentes penitenciários entre os beneficiários de aposentadoria especial. O texto-base da reforma já tinha sido aprovado, por 23 votos a 14. (Bahia.ba)

Após libertação de Dirceu e avanço de Lula, PT quer antecipar eleição

No rastro das comemorações pela liberação do ex-ministro José Dirceu, preso pela Lava Jato, e o crescimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas pesquisas de intenção de voto, o Partido dos Trabalhadores começa a se mobilizar para antecipar as eleições diretas.

Em reunião da Executiva Nacional nesta quarta-feira (3), foi aprovada uma resolução em que é sugerido aos parlamentares do PT e aliados que proponham emenda constitucional convocando o pleito para este ano.

“O PT saúda a decisão que liberou o companheiro José Dirceu, preso injustamente, e espera que a mesma se estenda ao companheiro João Vaccari”, diz a resolução, que também cita o ex-tesoureiro do PT, outro réu da Lava Jato preso em Curitiba. (mais…)

CCJ do Senado aprova projeto que extingue autos de resistência

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou nesta quarta-feira (3) o projeto que acaba com os autos de resistência, antiga reivindicação de grupos de defesa dos direitos humanos.

O texto modifica o Código de Processo Penal e estabelece o uso da expressão “homicídio decorrente de oposição à intervenção policial” para mortes violentas em ações que envolvam policiais. Em casos assim, ficam obrigatórios a autópsia e exame interno, conforme o projeto.

Relatora do projeto, a senadora baiana Lídice da Mata (PSB) afirmou que o uso dos autos de resistência é uma “distorção” da prática dos órgãos investigativos. “Dessa forma, o homicídio ocorrido não é encaminhado ao órgão de polícia competente, não é devidamente noticiado ao Judiciário e, logo, fica sem investigação”, declarou a senadora. (mais…)

Gilmar Mendes diz que MPF fez ‘brincadeira juvenil’ ao acusar José Dirceu

O ministro do STF, Gilmar Mendes, fez nesta terça-feira duras críticas à força-tarefa da Operação Lava Jato, por ter apresentado uma nova denúncia contra o ex-ministro José Dirceu justamente no mesmo dia em que a Corte analisaria um habeas corpus a seu favor.

Ao votar pela revogação da prisão preventiva do ex-chefe da Casa Civil, o ministro afirmou que o Supremo não poderia ceder à pressão dos procuradores, a quem chamou de jovens sem vivência institucional. Mendes disse que os procuradores são jovens que não têm a experiência institucional nem vivência, e por isso fazem esse tipo de brincadeira.

“Se nós cedêssemos a esse tipo de pressão, nós deixaríamos de ser ‘supremos’. Curitiba passaria a ser ‘suprema’. Nem um juiz passaria a ser ‘supremo’. Seriam os procuradores. Quanta falta de responsabilidade em relação ao Estado de Direito”, disse Mendes. (mais…)

Após decisão do STF, Moro determina que José Dirceu use tornozeleira eletrônica

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos julgamentos da Operação Lava Jato em primeira instância, determinou que o ex-ministro dos governos Lula e Dilma José Dirceu passe a utilizar tornozeleira eletrônica, em decisão divulgada nesta quarta-feira (3).

Além da medida, Dirceu está proibido de deixar a cidade de Vinhedo, em São Paulo, e de deixar o país. O ex-ministro também terá de entregar o passaporte. Ele foi condenado duas vezes no âmbito da Lava Jato e cumpria prisão preventiva por ordem de Moro desde agosto de 2015, sob a alegação de que havia risco de cometimento de novos crimes.

No entanto, a medida foi revogada na última terça-feira (2) pela Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF). O juiz também proibiu que Dirceu tenha contato ou que se encontre com outros réus ou testemunhas de três ações penais da Lava Jato. (Metro1)

Anderson Silva pede luta por cinturão e ameaça se aposentar

A relação entre Anderson Silva e UFC parece estar mesmo abalada. O brasileiro concedeu entrevista para o programa “The MMA Hour” e pediu uma luta com o cubano Yoel Romero, número 1 do ranking dos pesos-médio, para o UFC Rio, no dia 3 de junho, depois de ver seu adversário Kelvin Gastelum ser flagrado em antidoping.

“Estou há um tempo treinando no Rio de Janeiro, comecei meu camp e estou muito frustrado. Os caras (UFC) estão me dando opções de luta, eu respeito o Yoel Romero, é o número 1 do ranking. Eu disse que luto contra o Romero, mas pelo cinturão interino. É um grande negócio para o UFC. Por que não essa luta no Brasil? Eu não sei o que está acontecendo, mas estou muito desapontado. Yoel não vem ao Brasil por nada, ele é o primeiro do ranking. Não faria sentido lutarmos por nada. Eu falei com a equipe do Yoel, que tem o mesmo pensamento. O Yoel diz que luta no Rio pelo cinturão interino, eu falei com meu empresário que aceitaria, mas nada está acontecendo. (…) Estou no Brasil, gastei muito dinheiro, perdi oportunidades, deixei minha vida de lado pela luta, colocando como prioridade na minha vida. E nada está acontecendo.”, disse Anderson na entrevista.

Quando foi perguntado caso essa luta não aconteça, o brasileiro foi categórico e disse que iria parar de lutar. “Vou parar. Luto há muito tempo, estou cansado. Fui desrespeitado, tenho uma história, um legado. Estou frustrado porque é a segunda vez que vou lutar no meu país. Fui lutar em Londres e em diferentes países. Nada acontece agora. Perdi meu tempo, meu dinheiro, minha energia. Quando os fãs falam comigo da luta no Rio, eu digo que não sei o que está acontecendo.”, afirmou AS. (Varela Noticias)

Filha de Silvio Santos é internada com pneumonia

Silvia Abravanel, apresentadora do “Bom Dia & Cia”, do SBT, foi internada nesta segunda (1º) com pneumonia. A filha de Silvio Santos participou da festa de casamento da irmã Patricia com o deputado Fábio Faria, na casa dos pais, no sábado (29).

Silvia enviou um recado aos fãs: “Como vocês podem ver estou aqui internada, não estava bem desde quinta-feira, mas como não tive febre, achei que não era nada. Fiz vários exames e deu pneumonia. Estou sendo bem cuidada e vou ficar afastada da TV, mas logo logo estou de volta”. (Bahia.ba)

Fazendeiros atacam aldeia e decepam mãos de índios

Dezenas de índios ficaram feridos após uma aldeia na cidade de Viana, no norte do Maranhão, ser atacada por um grupo de fazendeiros, no domingo (30), informou o Conselho Indigenista Missionário (Cimi) nesta segunda-feira (1º). Dois deles tiveram as mãos decepadas.

De acordo com a Pastoral da Terra, os nativos foram pegos de surpresa com a chegada nos latifundiários, armados com pistolas, pedaços de pau e facões. “Eles invadiram e já foram atirando e tentando cercar a gente. Circular pra nós ficarmos no meio. Foi aí que só senti o impacto”

Entre os lesionados, dois ainda estão internados em estado grave no Hospital Socorrão 2, em São Luís. Eles foram atingidos por disparos de armas de fogo e passaram por intervenções cirúrgicas. Segundo o Cimi, um levou um tiro no peito e teve as duas mãos decepadas; o outro, além das mãos, teve os “joelhos cortados nas articulações”. Os índios que sofreram ferimentos mais leves receberam alta na manhã desta segunda. (G1 e Bahia.ba)

Força Sindical promete nova greve se Temer não negociar

O deputado federal e presidente da Força Sindical, Paulo Pereira da Silva (Solidariedade), prometeu, nesta segunda-feira (1º), uma nova greve, como a que aconteceu na última sexta-feira (28), se o governo do presidente Michel Temer (PMDB) não negociar alterações nas reformas trabalhista e previdenciária.

Na avaliação do parlamentar, a conta da crise tem que “ser paga por todos, não só pelos trabalhadores”. A Força Sindical é contrária, principalmente, ao fim da contribuição sindical e à nova idade mínima para aposentadoria.

“[O fim] da contribuição sindical enfraquece o lado dos trabalhadores e permanece intacto o lado patronal. O presidente não pode imaginar que é o dono do Brasil. Ele tem que ouvir a população: 71% não concordam com as reformas”, afirmou. (Bahia.ba)

Prazo para regularizar título de eleitor termina nesta terça

Os eleitores com débitos na Justiça Eleitoral têm até esta terça-feira (2) para regularizar a situação, sob pena de cancelamento do título. Estão incluídos neste grupo aqueles que não votaram e não justificaram nas três últimas eleições ou que não pagaram as multas correspondentes.

Em Salvador, 31.263 eleitores estão nessa condição. Para regularizar a situação, é necessário apresentar no cartório eleitoral um documento oficial com foto, comprovante de residência e, se possuir, título eleitoral e os comprovantes de votação, de justificativa ou de quitação da multa.

É possível consultar a situação eleitoral nos sites do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), ou no cartório eleitoral. (Bahia.ba)

CNBB CONTRA REFORMAS: Por que será que desta vez a Igreja foi tão aplaudida nos meios políticos?

Nos últimos dias que antecederam a 28 de abril, data marcada para a realização da mobilização nacional contra as reformas insanas do atual governo, uma coisa me chamou a atenção: os grupos de oposição ao governo, principalmente diversas lideranças de partidos políticos, mais interessados no quanto pior melhor, do que na busca de soluções para a crise política, moral e ética por que passa o nosso país, fizeram ecoar nos meios de comunicação e principalmente nas redes sociais, a posição da Igreja, e, de modo individual, da maioria de seu episcopado, convocando a sociedade para reagir contra as propostas de mudanças na lei previdenciária e trabalhista, onde visivelmente o trabalhador está sendo severamente punido e condenado a pagar pelos erros sucessivos da corrupção dos nossos governantes.

Vários vídeos, áudios, gravações, cartazes, enfim, todos os mecanismos de divulgação foram usados, principalmente pelos, politicamente interessados, para divulgar a palavra da Igreja. Por que será?

Para a maioria dos partidos políticos, senão todos, a palavra da Igreja hoje pouco importa. A maioria vive na defesa do aborto, da eutanásia, das uniões ilegítimas, da pena de morte, da desvalorização da família e da própria cultura da morte disseminada no mundo secularizado. Por que será que desta vez a Igreja foi tão aplaudida e exaltada nos meios políticos? Por que será? (mais…)

Bahia: Temer exonera indicado de deputado que votou contra reforma trabalhista

O superintendente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) na Bahia, Ruben Armua, foi exonerado do cargo nesta sexta-feira (28), após o deputado federal e presidente do PV na Bahia, Uldurico Jr, votar contra a reforma trabalhista na Câmara. Armua foi indicado por Uldurico para o Ibama. O governo federal passou um verdadeiro pente-fino nos deputados que votaram contra o texto. (Folha de São Paulo)

Rejeição ao governo Michel Temer chega a 61%

A rejeição do governo do presidente Michel Temer bateu recorde, de acordo com a pesquisa Datafolha, divulgada na manhã deste domingo (30). Segundo o levantamento, a gestão do peemedebista chega a 61% de avaliação ruim ou péssima, com 28% a considerando regular e apenas 9%, ótimo ou bom.

Antes de a Câmara dos Deputados afastá-la, em abril do ano passado, a ex-presidente Dilma Rousseff tinha 63% de rejeição e 13% de aprovação. Os 9% de aprovação são também semelhantes ao índice de Fernando Collor de Mello antes de ser impedido, em setembro de 1992, embora a reprovação fosse maior (68%).

A pesquisa mostra ainda que quando o nome de Temer é colocado como candidato à reeleição, a rejeição sobe de 45% para 64% de dezembro para cá. 85% dos entrevistados acham que o Congresso deve aprovar uma mudança constitucional que permita eleições diretas. (Metro1)

Voltar à página inicial