O clima de tensão continua para o povo Pataxó, em uma área de retomada próxima à Barra do Cahy, Território Indígena Comexatibá, município de Prado, extremo sul da Bahia. Na madrugada do último domingo, dia 04, um grupo de pistoleiros atacou a área e deixou um adolescente de 14 anos morto e outro ferido.

O outro adolescente está internado em estado grave em um hospital da região. De acordo com o Movimento Unido dos Povos e Organizações Indígenas da Bahia (Mupoiba), foram encontrados no local granada de gás lacrimogêneo, cartuchos de calibre 12 e fuzis.

A Polícia Militar foi acionada e esteve no local para fazer a segurança da aldeia. Desde o mês de julho, lideranças e comunidades indígenas da região denunciam ataques de pistoleiros. De acordo o Mupoiba, os mandantes seriam fazendeiros e milicianos armados da região.

Metro1