A cidade de Jequié (BA) vem sofrendo com as consequências das fortes chuvas que tem caído na cidade desde a última quinta-feira, dia 22. Na madrugada deste domingo (25), o Rio Jequiezinho transbordou no Centro da cidade, alagando casas do entorno, além de invadir estabelecimentos comerciais, como o Centro de Abastecimento Vicente Grilo (CEAVIG). Os comerciantes retiram suas mercadorias em meio a chuva.

O prefeito Zé Cocá fez um apelo para que os comerciantes da área do CEAVIG continuem evacuando a áres, pois segundo a Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), o nível do rio pode subir ainda mais a partir das 16h deste domingo. Com o aumento do nível do Rio de Contas, o sistema de drenagem pluvial não deverá conseguir absorver a vazão acima do esperado. Por isso, a Defesa Civil alerta aos moradores desses dois residenciais para o risco real de alagamentos.

Até sábado a Bahia tinha 174.074 pessoas atingidas pelas chuvas registradas em algumas regiões do estado. Além disso, 1.710 pessoas estão desabrigadas, 14.262 desalojados e 158.094 foram afetados em decorrência dos efeitos diretos do desastre.

Redação: Tribuna do Recôncavo | Informações: Blog Marcos Frahm