O Presidente da Federação das Indústrias do Estado da Bahia, Ricardo Alban, confirmou que o estaleiro do paraguaçu pode servir como base de apoio para as obras da Ponte Salvador Itaparica. Segundo Alban, existe uma vontade grande de ocupar a área do estaleiro com algum projeto, pois hoje ela está sendo pouco utilizada e a ponte vai precisar de alguns matérias que o estaleiro pode ajudar a produzir.

“Essa questão ainda não está definida. Existe a vontade de se transformar o estaleiro do paraguaçu numa base forte de apoio para as obras dessa ponte Salvador Itaparica. Eu vejo essa vontade como uma coisa boa para a Bahia que no processo de construção da ponte vai ter mais uma economia sendo utilizada. Hoje o estaleiro pode produzir alguns materiais que vao ser utilizados na construção da Ponte e isso tem que ser levado em conta”, disse.

A ponte Salvador – Ilha de Itaparica será construída por um consórcio integrado por três empresas da China. A China Railway 20 Bureau Group Corporation – CR20; CCCC South America Regional Company S.Á.R.L – CCCC SOUTH AMERICA e China Communications Construction Company Limited – CCCCLTD, o consórcio terá um ano para elaborar o projeto e outros quatro anos para construir o equipamento.

ATarde