O Tribunal Regional Eleitoral da Bahia convoca, a partir do próximo dia 13 de maio, os eleitores de Cachoeira, Maragogipe e São Félix, no Recôncavo baiano, para a realização do recadastramento biométrico. O procedimento é obrigatório e o cidadão que não atender ao chamado terá seu título cancelado.

Para ser atendido, o eleitor poderá, a partir da segunda-feira (6 de maio), utilizar o serviço de agendamento, a ser disponibilizado por meio do site do TRE-BA. Em caso de cancelamento, o eleitor poderá enfrentar alguns contratempos em relação a outros documentos que dependem da certidão de quitação eleitoral.

A quitação é exigida para obter passaporte ou carteira de identidade; adquirir empréstimos nas autarquias, nas sociedades de economia mista, nas caixas econômicas federais e estaduais, nos institutos e caixas de previdência social, bem como em qualquer estabelecimento de crédito mantido pelo governo, ou de cuja administração este participe.

O eleitor com título cancelado também não pode inscrever-se em concurso ou prova para cargo ou função pública, e neles ser investido ou empossado; e não pode renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo, etc.

Editado por Tribuna do Recôncavo | Fonte: ASCOM/ TRE