Atendendo aos anseios da pecuária nacional por animais qualificados à elevação dos índices produtivos em rebanhos de gado de corte, a Agropecuária Jacarezinho – hoje considerada a maior fornecedora de touros do Brasil, segundo o Ranking TOP 100 – promove ofertas permanentes de reprodutores Nelore certificados pelo Ministério da Agricultura em suas principais unidades. Uma delas é a Fazenda Nova Terra.

Distribuída pelos municípios de Cotegipe e Wanderley, no Estado da Bahia, a propriedade que responde por 33% da produção anual de touros da Agropecuária Jacarezinho – algo em torno de 830 cabeças – apartou reprodutores Nelore CEIP da safra de 2020, todos eles geneotipados e com exame andrológico positivo. Localizada em uma região extremamente desafiadora, onde costuma chover apenas 700 milímetros por ano, o gado selecionado na Fazenda Nova Terra apresenta rusticidade e conversão alimentar singulares.

A venda permanente de touros em Cotegipe e Wanderley oferece oportunidade para que os pecuaristas da região tenham acesso a um trabalho de referência na pecuária brasileira. A fazenda possui uma extensão de 46,2 mil hectares, dos quais 22,5 mil são destinados ao pastejo, 12 mil às áreas de Reserva Legal e outros 11 mil são de floresta nativa.

O rebanho total computa 22 mil animais criados e recriados a pasto, com fornecimento de suplementação mineral e volumoso em períodos críticos do ano. Tanto os machos quanto as fêmeas reprovadas no programa de seleção genética instituído pela Agropecuária Jacarezinho (AJ) são destinados a um confinamento com capacidade estática para 4.000 cabeças e, posteriormente, comercializados como boi gordo.

Recentemente, a Fazenda Nova Terra iniciou um projeto que envolve a implantação de 23 pivôs de irrigação numa área de 2.300 hectares, com capacidade de produção estimada em 8.500 toneladas de forragem por hectare/ano, além da produção de grãos. “O primeiro pivô já foi instalado e estamos avaliando possíveis vantagens em economia de recursos [água e energia], com irrigação por gotejamento”, revela Everton, ressaltando que o investimento potencializará as atividades agrícolas e pecuárias da fazenda.

Também é referência em reprodução animal, com experimentos inovadores conduzidos por dois renomados pesquisadores na área: Pietro Baruselli, da Faculdade de Medicina Veterinária da USP (FMVZ/USP), e José Luiz Moraes Vasconcelos, o Professor Zequinha, da UNESP-Botucatu/SP, ambos consultores da Jacarezinho.  Os estudos mais recentes envolvem a aspiração de oócitos de novilhas de seis meses de idade e os fatores que influenciam a indução de ciclicidade em bezerras de 12 a 14 meses, comprovando a eficiência da genética AJ para precocidade sexual.

Genética eficiente

Os reprodutores Nelore CEIP da Jacarezinho corrigem falhas ainda comuns nos rebanhos comerciais, como a ocorrência de partos distócicos ocasionados por bezerros grandes ao nascimento, ineficiência em ganho de peso, falta de padrão e precocidade de carcaça, além de vacas que apresentam problemas de fertilidade.

“A precocidade sexual é um dos pontos-chave em nosso programa de seleção. As filhas de nossos touros são ideais à reposição de matrizes ao expressarem cio mais cedo, por volta de 14 meses, e continuarem ciclando dali em diante”, pontua Lucas Motta, gerente comercial da Agropecuária Jacarezinho.

Todo o plantel AJ é assistido pelo programa da CIA de Melhoramento, responsável por mensurar as diferenças esperadas na progênie (DEPs) para peso, fertilidade, conformação e demais características produtivas; além da emissão do CEIP – Certificado Especial de Identificação e Produção, concedido pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento aos 30% melhores animais, a cada nova safra.