Cinco trechos de rodovias permanecem bloqueados na Bahia por manifestantes bolsonaristas que contestam os resultados das urnas eletrônicas, segundo balanço divulgado pela Polícia Rodoviária Federal do Estado, na manhã desta terça-feira, dia 1º.

Os cinco pontos de bloqueio são na BR 101. Em Itabela,  km 744 da rodovia, a pista está parcialmente interditada. Já nos trechos nos municípios de Teixeira de Freitas (km 875), Eunápolis (km 712), Itamaraju (km 101) e Ubaitaba (km 444) a interdição é total, segundo o boletim da PRF.

Desde a noite de segunda-feira (31), oito manifestações foram desfeitas nas rodovias do estado. A maior delas foi no Oeste do estado, em um trecho da BR 20, no município de Luís Eduardo Magalhães. Cerca de 100 pessoas manifestaram, causando um congestionamento de aproximadamente 3 km em cada um dos sentidos da via.

A outras manifestações desfeitas aconteceram em Correntina (BR 20, km 0), Feira de Santana (BR 116, km 422), Mucuri (BR 101, km 935), Vitória da Conquista (BR 116, km 817; BR 116, km 28), Barreiras (BR 242, km 788), Jacobina (BR 324, km 300). A maior parte delas contava com cerca de 30 manifestantes nas vias.

Após a determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes, as forças policiais estão adotando medidas para desobstruir as rodovias bloqueadas por apoiadores do presidente Jair Bolsonaro. Em entrevista à Rádio Metropole, o comandante da Polícia Militar da Bahia, coronel Paulo Coutinho, relatou que em uma das atuações de desobstrução, em Feira de Santana, houve resistência de alguns manifestantes. De acordo com ele, foi preciso ação da tropa de choque para liberar a via.

Metro1