O ator Burt Ward, que interpretou o Garoto Prodígio na clássica série “Batman & Robin” dos anos 1960, afirmou que o tamanho de seu pênis gerou problemas durante as gravações. “Eles pensavam que Robin ficava com uma mala avantajada na televisão”, disse em entrevista ao Page Six.

Atualmente com 74 anos, Ward contou que o volume na cueca do personagem incomodou e foi criticado por religiosos conservadores da época. Já em relação ao Batman vivido por Adam West (1928-2017), ele diz que chegavam a colocar toalhas enroladas dentro da cueca do colega para gerar mais volume.

Ward disse ainda que foi obrigado a procurar médicos e a tomar remédios para “diminuir o pênis”. “Fiquei assim por três dias e então decidi que, provavelmente, eles me impediriam de ter filhos. Então, larguei o tratamento e passei a usar minha capa para me cobrir”, finalizou.

Metro1