A Acelen, controladora da Refinaria de Mataripe, anunciou a contratação de navios de GLP para normalizar o suprimento de gás de cozinha na Bahia e em Sergipe. Nesta quinta-feira, dia 10, a companhia afirmou que algumas unidades da Refinaria de Mataripe estão passando por uma manutenção, o que, segundo a Acelen, foi avisado com antecedência.

“Algumas unidades da Refinaria de Mataripe estão passando por manutenção programada ou reativação, o que foi informado com a devida antecedência à agência reguladora e a seus clientes. Para garantir uma operação mais eficiente e segura para funcionários e população do entorno, foi necessário ajustar os prazos originalmente previstos para retomada da operação”, afirmou a Acelen.

O Sindicato de Revendedores de Gás da Bahia afirmou que mais da metade dos estabelecimentos do negócio estão fechados no estado, justamente por conta da escassez de gás de cozinha. Segundo o dirigente, Robério Souza, a situação se agravou nas últimas duas semanas.

Bahia Noticias