O Presidente da Câmara de Salvador, Geraldo Júnior (SD), descartou qualquer possibilidade da Casa votar o projeto que regulamenta os aplicativos de transporte individual como Uber e 99pop antes do carnaval, que começa dia 27 de fevereiro. “O tempo é muito exíguo e esse é um assunto extremamente importante”, argumentou.

Sob a relatoria da vereadora Lorena Brandão (PSC), a matéria chegou a tramitar em regime de urgência (quando etapas são queimadas), mas o prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), retirou após pedido das categorias de taxistas e do aplicativos.

Sem a regulamentação, os motoristas de aplicativo não estarão aptos a receberem credencial especial para acesso a áreas de embarque e desembarque de passageiros durante o Carnaval. (Bahia Noticias)