Inaugurado pelo governo da Bahia em agosto de 2018, o Centro de Canoagem de Ubaitaba sofreu recentemente com uma enchente e está com suas atividades paralisadas. A informação foi revelada pelo secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), Davidson Magalhães. Para resolver o problema, a pasta investiu em uma reforma, mas não revelou qual o prazo para conclusão. O Centro de Ubaitaba foi um dos três prometidos pelo governador Rui Costa (PT) em 2016, após o baiano Isaquias Queiroz conquistar três medalhas nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, uma delas ao lado do conterrâneo Erlon Souza.

O outro que está em funcionamento é o de Itacaré, que foi inaugurado em julho de 2018. À época, ele ficou fechado para os atletas por um bom tempo, após resíduos deixados por uma balsa impedirem o acesso ao equipamento. O terceiro e último centro é o de Ubatã, que ainda não teve as obras concluídas. Inicialmente, um Torneio de Inauguração estava previsto para o dia 24 de outubro deste ano. A competição foi adiada para o dia 7 de dezembro e, posteriormente, para o dia 12. Contudo, a obra está estagnada, com 90,7% de avanço até aqui. Segundo a Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), “por conta da grande demanda na construção civil observada em todo o pais, as empresas têm demorado mais do que o normal para receber a compra [dos equipamentos].

Por isso, ainda não foi possível dar a obra por concluída, conforme programado”. Neste momento, a empresa responsável pela construção aguarda a entrega, pelo fornecedor, do pier e esquadrias para que seja possível o acabamento final, com realização de pinturas, instalação da rede elétrica e louças. Davidson revelou, no entanto, que a inauguração oficial não ocorrerá no dia 12 de dezembro, pois a obra não estará pronta até lá. O que vai ocorrer é um torneio para os atletas estrearem o equipamento.

“Ele foi atrasado pelo processo licitatório, as empresas ganham, teve o problema da pandemia. Mas vamos retomar e até o mês de janeiro vai estar funcionando o Centro de Canoagem em Ubatã”, contou. Um evento de maior porte deve ser realizado só no ano que vem. O medalhista olímpico Erlon Souza, nascido em Ubatã, será convidado, e deve estar presente, assim como foi com Isaquias na inauguração do Centro de Ubaitaba. Os equipamentos visam incentivar a prática do esporte no estado, especialmente por causa do sucesso dos atletas baianos nas principais competições do planeta.

Bahia Noticias