Em uma operação conjunta das Polícias Civil e Militar e Coelba, na manhã de sexta-feira (26), três pessoas foram presas na zona rural de Sobradinho, no Norte da Bahia.

A Operação Varredura de combate ao furto de energia percorreu áreas ribeirinhas da região e localizou, no povoado de Correnteza, uma fazenda produtora de manga e limão com ligação clandestina de energia. O proprietário e dois funcionários foram detidos e outros dois funcionários também foram levados para prestar depoimento na delegacia de Sobradinho.

O furto de energia vinha sendo praticado há cerca de dois anos. Os técnicos da Coelba desativaram 200 metros de rede clandestina. Foram recuperados 150 mil quilowatts-hora (kWh), energia suficiente para abastecer o município de Campo Alegre de Lourdes por 15 dias

O furto de energia é crime, sujeito às penalidades do artigo 155 do Código Penal Brasileiro, cuja pena pode alcançar até oito anos de reclusão. A empresa tem canais de denúncia para casos de fraudes e furtos, por meio dos quais é possível passar as informações anonimamente, como o telefone 116 ou o site www.coelba.com.br

Editado pelo Tribuna do Recôncavo | Matéria: Magali Paterson e Carla Jesus/ ASCOM